quinta-feira, 6 de setembro de 2007

O ciúme que carrego

24
Cão de guarda, ameaçador,
a rosnar, furioso e cego
eis afinal, meu amor,
este ciúme que carrego... (J.G. de Araújo Jorge)

Um comentário:

Airton Soares disse...

publicada no Recanto das Letras- Mural